sábado, fevereiro 24, 2007

Oásis

Imagem: Olhares.com

Muito se tem falado e escrito sobre o espaço denominado "Oásis", situado no areal da Praia de Buarcos.

Uns defendem a manutenção do espaço e outros o desmantelamento.

Seja uma ou outra, estas posições estão indexadas a questões políticas e partidárias.

Não á muitos anos, na zona do Galante, na praia, existia uma zona onde águas estagnadas emanando um cheiro nauseabundo era uma realidade constante. Um degredo.

Todos reclamavam que nada se fazia para terminar com aquela "vergonha". Todos apontavam o dedo. Nunca ninguém fez nada que se pudesse dizer de jeito.

Um dia, vindo de Lisboa, o Sr. Lopes resolveu requalificar o espaço.

Porque o Concelho e a cidade sempre se rotularam (mal quanto a mim) de âmbito turístico, naquele espaço foi erguida uma infra-estrutura que iria servir o referido mercado turístico.

O que aconteceu ?! Não sei muito bem.

No 1º ano de actividade a coisa até funcionou. Havia animação, espectáculo e muita gente a "curtir a cena". Mesmo aqueles que se tinham insurgido contra a realização da obra. Todos por lá passaram. Muitos copos beberam e alguns até dançaram uns sons Cubanos. Eu vi, ninguém me contou.

Depois, não sei o que se passou. A exploração nunca mais foi a mesma.

Eu sempre defendi que o referido espaço deveria ser entregue à exploração da Escola profissional de Turismo. Não sei bem porquê, mas penso que lhe dariam bom uso.

A minha opinião vale o que vale, mas é que, não só não deve ser desmantelado, mas sim deveria haver uma aposta na manutenção da área com a plantação de mais árvores e a colocação no local de baloiços que sirvam as crianças, assim como um espaço de lazer para adultos, quem sabe com uma biblioteca local.

Publicamente me assumo a favor daquele espaço, mas de uma forma mais útil à comunidade.

Quanto ao eventual barulho nocturno que possa, de certa forma, perturbar os moradores locais, hoje existem técnicas que permitem projecta-lo em direcção ao oceano. É uma questão de boa vontade de todas as partes.

Não consigo nem quero imaginar aquela área novamente com um charco de água estagnada.

É absurdo e espero... impensável.

2 comentários:

riio_de_mel disse...

.. eu tambem não consigo nem quero imaginar aquela área novamente com um charco de água estagnada.. tambem penso que que se deveria apostar na manutenção, na plantação de mais vegetação.. e na entrega do espaço a alguém que o dinamize.. a ideia da Escola Profissional de Turismo poderá ser uma boa opção.. Há que fazer alguma coisa, com urgencia.. e de preferência algo que dê vida aquele espaço durante todo o ano...

dass disse...

Eu também me diverti lá algumas noites.