quarta-feira, abril 11, 2007

48 Horas


Apesar de não ser um simpatizante de José Socares, não posso deixar de estar de acordo com a sua política, no que diz respeito ao excedentarismo dos funcionários públicos. Senão, vejamos:

Na segunda-feira dia 9 de Abril deste ano de 2007, fui ao Departamento de Urbanismo da Câmara Municipal da Figueira da Foz requerer umas cópias de uns documentos.

No quadrado "urgente" coloquei uma X.

Foi-me informado que em 48 horas, dependendo da disponibilidade dos serviços, estaria pronto.

Sai do Urbanismo às 10:45 horas da manhã.

Hoje, quarta-feira dia 11 do ano de 2007, telefonei para o Departamento de Urbanismo para saber se os documentos estavam prontos.

Depois de algum tempo (muito) sem conseguir que me atendessem o telefone, lá fui atendido por alguém do sexo feminino que não se identificou. Eram 11:25 horas da manhã.

Perguntei se os meu requerimentos já estavam prontos, pelo que a senhora me informou que estavam para despacho.

Comentei "Então o factor urgência deixa de estar presente", ao que a senhora do outro lado da linha me responde "Só foi para cima ontem, terça-feira".

Respondi "Fiz o requerimento na segunda-feira às 10:15 horas. Já passaram 48 horas."

Incrivelmente do outro lado da linha veio a resposta "Segunda-feira não conta."

Fiquei estupidificado. Não conta ?! Então e a data que consta nos requerimentos ? E a hora de atendimento que consta no computador da autarquia ?!

Alguém tem de informar esta senhora do que são 48 horas num prazo de tempo.

Em 2005, neste mesmo urbanismo, tive este mesmo problema. Parece-me que mais uma vez me vai ser cobrado, fora de tempo, taxa de urgência. Parece-me que mais uma vez, vou ter de ir escrever no livro amarelo e esperar mais uma vez 1 ano útil para obter resposta da Câmara Municipal da Figueira da Foz.

Sinceramente, também acho que a função pública tem excedentarismo. A ver pela amostra...

3 comentários:

Pensamentos Felizes disse...

Pena é não haver mais cidadãos como tu a usarem o livro amarelo nessa e em todas as instituições quando são lesados de alguma maneira...
Cris

a Prinçusa disse...

eu no outro dia fui fazer uma analises q a medica me mandou repetir. ainda nao eram umas 10h30 qnd la cheguei, nao tinah ng a mnh frente e tive q esperar na msm pq a 'doutora' tava a fazer nao sei o q. dps aina me disse com ar arrogante q para a proxima tnh q ir mais cedo, q vou smp aqela hora e q na proxima vez ela pode tar a fazer 'nao sei o q'. ao q eu lhe respondi ainda mais arrogantemente q esperava era nao ter q voltar ali e repetir de novo as analises. esta gente sinceramente, ainda nao sai 10h30 da manha e ja nao qerem fazer nada!

_+*A Elite in Paris*+_ disse...

Começo realmente a achar que pouco importa o pais sempre vamos ter problemas com a burocracia... é um dos meus proximos temas.

Beijao enorme!