segunda-feira, outubro 09, 2006

Mais vale tarde do que nunca...



Pois é, lá diz o povo que "mais vale tarde do que nunca..."

Já lá vai mais de um ano quando reclamei de uma taxa cobrada a um pedido com "caracter de urgência" fora do prazo estipulado.

Na ocasião, achou o Sr. responsável que eu não tinha razão nos meus argumentos, recusando-se a emitir um novo documento com as taxas adequadas... não urgência.

Reclamei no "Livro Amarelo" e agora, mais de um ano depois, recebi uma carta para me deslocar à Secção de Contabilidade para ser ressarcido da importância de € 5,25.

Foi pelo valor que reclamei ?? Não! Foi pela atitude do Sr. Eng. responsável. Pela sua arrogância e falta de respeito.

Como diz o povo "mais vale tarde do que nunca..."

Boa Noite

9 comentários:

João Silva disse...

assim é que é amigo! não podemos facilitar a esses doutores senão...

continua a lutar pela "nossa estrada" que nós agradecemos e apoiamos!

lucia mi disse...

Vim pelo doce cantinho de minha sobrinha Rafaela...amei o seu post. Antes tarde do que nunca, se todos tivessem este tipo de atitude, quem sabe não chegaríamos ao caos de comodidade que nos encontramos.
Um grande abraço e linda semana.

Paulo Sempre disse...

Reclamar livremente é uma conquista recente (1974). Pena é o facto dos portugueses ainda terem algum "temor" em usar tal direito.
Deve continuar na "luta" pela segurança nas estradas de Portugal. Uma condução defensiva poderá diminuir a sinistralidade rodoviária assim como a sensibilização dos utentes das estradas. Um Código da Estrada e um Código Penal que visam o aspecto economico, não levam a lado nenhum.
Abraço
Paulo

Pensamentos Felizes disse...

Infelizmente há tanta incompetência neste mundo que há necessidade da existência desses livros. Deviamos todos seguir essa tua atitude quando somos negligenciados...
beijinho
Cris

veritas disse...

Olá Jorge:

"Mais vale tarde que nunca", sim e sempre! Ainda mais quando se trata de algo que mexe com os nossos valores, atitudes que defendemos, aquilo em que acreditamos e de que nunca podemos, nem devemos, abdicar.

Bjs.

Anónimo disse...

Tal como tu Jorge, também já reclamei muitas vezes e tenho ganho sempre. Se todos fizessem isso, se todos pedissem recibos,se todos denuncíassemos abusos e vigarices, certamente que estaríamos a contribuir para um país melhor.
Um abraço
José Leite Santos

a Prinçusa disse...

e o povo tem sempre razao.

Tiber disse...

Boa!
Deviamos fazer todos assim...sempre
Mas nem sempre é fácil...

Um abraço

Cristina disse...

e concordo contigo, mais vale tarde do que nunca :)
beijinhu e uma continuação de uma boa semana
beijinhu