terça-feira, abril 29, 2008

ASAE


Estou aqui em terra de nostros hermanos vai fazer (já) quatro meses.
Na verdade por estas bandas ganha-se mais quando em comparação com o mesmo oficio em Portugal. No entanto, e apesar do automóveis serem mais baratos, têm uma construção de habitação muito fraca, fazem apartamentos T3 com 60 m2 e a custarem € 205 000.
Têm prestações de € 1200/ mês para pagarem o empréstimo da casa para valores de € 190 000.
Têm saúde grátis, operações a custo zero se fundamental para a saúde ou desenvolvimento profissional, Hospitais com maternidades em cidade de populações relativamente baixas (50 000 habitantes), muitas escolas e muitos parques infantis (1 pelo menos por Urbanização).

Queixam-se no entanto que a coisa vai mal, que os salários são baixos e coisa e tal, mas quando em conversa lhes digo que o IVA em Portugal é de 21%, engolem em seco e perguntam "E como conseguem viver ?". Não é esta a pergunta que fazemos também ? Eles têm o IVA a 16% com previsão de baixar.
Mas afinal o que tem a ASAE a ver com isto tudo ?
Muito simples. Se a ASAE viesse para Espanha, assim por alto, estou convencido que 70% dos restaurantes, bares, cafés e afins fechavam.
Não todos, claro, mas grande parte.
A coisa aqui funciona porque a inspecção médica/ sanitária quando é feita tem um aviso prévio de cerca de uma semana. Estão a ver. Tudo limpinho nessa altura. Fora esse tempo, bem... é um nojo. Afinal em Portugal a qualidade paga-se bem.
Pergunto-me como é que o Governo de Sócrates ainda não se lembrou de propor ao Governo de Zapatero um protocolo para a ASAE efectuar fiscalizações por estas bandas.
A resposta logo me veio à carola... a Economia Espanhola levava um arrombo daqueles. É melhor deixar a coisa assim como está.
Só para terem uma ideia, depois de no domingo à noite se ter anunciado que o óleo tinha uns produtos malignos e que não se podia consumir, hoje de manhã já estava o Ministro a dizer que tinha sido levantado o embargo à venda do dito, pois já estava tudo bem. E em Portugal, foi levantado assim tão rápido ?
Isto é que é trabalhar.

1 comentário:

belinha disse...

Parabéns atrasados!!!E que venham mais dias de festa.Eu já ignorei o aniversário, já festejei fazendo do dia uma ocasião especial mesmo,mas actualmente é um dia com os outros.
Pois é, eu também tenho a impressão de que em Espanha o pessoal curte as "bodegas"...Estive várias vezes em Espanha e pude experimentar sítios muito bons para comer, outros remediados...e o tradicional MAC quando estava mesmo sem cheta!!E deu para perceber aquilo de que falas em muitos aspectos.Das primeiras vezes vim de Espanha a dizer horrores da comida.Mas depois, ora,ora, eles têm coisas muito boas.É verdade: estou gorda, gorda...Eehehehh!Bom continuação!